CEIC
o Espiritismo

Palestras Públicas

Terapia  Espírita cuja finalidade é propiciar alívio, conforto e  bem estar espiritual.  O passe produz efeito benéfico que muito ajuda a criatura a suportar as suas dores. É apoio eficaz no tratamento dos necessitados em geral.
O passe é essa doação de energias que a Doutrina Espírita coloca ao alcance dos que se encontram com deficiências, de modo que eles possam ter seus centros vitais reestimulados e, em conseqüência disso, recobrem o equilíbrio ou a saúde, se for o caso.

                (Divaldo,   Diretrizes de Segurança, Cap. VII)

 

Em sua essência profunda, o passe é a mobilização ativa de nosso amor em favor do bem do semelhante. Jesus, o Divino Modelo, ensinou-nos a fazê-lo em diversas e bem conhecidas passagens de sua vida.
O passe não é unicamente transfusão de energias anímicas. É o equilibrante ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos.

(André Luiz, Opinião Espírita, Cap. 55)

 

O passe é uma transfusão de energias,  alterando o campo celular.
...Tudo é espírito no santuário da Natureza. Renovemos o pensamento e tudo se modificará conosco. Na assistência magnética, os recursos espirituais se entrosam entre  emissão e a recepção, ajudando a criatura necessitada para que ela ajude a si mesma. A mente reanimada reergue as vidas microscópicas que a serve, no templo do corpo, edificando valiosas reconstruções. O passe, como reconhecemos, é importante contribuição pra quem saiba recebê-lo, com o respeito e a confiança que o valorizam.

                    (André Luiz - Nos Domínios da Mediunidade, cap.17) 

 

O passe é transfusão de energias fisiopsíquicas, operação de boa vontade, dentro do qual o companheiro do bem cede de si mesmo em benefício do outro.
Ato sublime de fraternidade cristã.
... No serviço do passe, as melhoras resultam da troca de elementos vivos e atuantes.
O passe exprime também o gasto de forças e não deves provocar o dispêndio de energias do Alto, com infantilidades e ninharias.
Se necessitas de semelhante intervenção, recolhe-te à boa vontade, centraliza a tua expectativa nas fontes celestes do suprimento Divino, humilha-te, conservando a receptividade edificante, inflama o teu coração na confiança positiva e, recordando que alguém vai arcar com o peso de tuas aflições, retifica o teu caminho, considerando igualmente o sacrifício incessante de Jesus por nós todos, porque, de conformidade com as letras sagradas, “Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e levou as nossas doenças”.   

                                    Emmanuel (Reformador - fevereiro de 1951)
 
 
Av. Visconde de Guarapuava, 5434 - Batel - Curitiba - Paraná - Fone |41| 3015.2466 - ceic@ceic.org.br